Higienizar ou trocar colchão: descubra o que é melhor

trocar colchão

Você já deve ter escutado, seja de um vendedor ou em uma propaganda, que um terço das nossas vidas passamos dormindo. E sim, em média, é isso mesmo. O sono está diretamente relacionado com nosso bem-estar físico e mental, por isso, é preciso ficar atento também aos cuidados com o colchão. Mas afinal, o que é melhor: higienizar ou trocar colchão?

Para entender melhor sobre isso, é preciso analisar alguns fatores. Neste artigo, vamos quais são eles. Confira!

Colchão tem data de validade?

A maior dúvida que pode surgir quando falamos sobre os colchões é se eles possuem data de validade, mas vários fatores influenciam nessa percepção. De maneira geral, um colchão pode durar de cinco a dez anos.

Alguns fabricantes têm sua própria recomendação, de acordo com o modelo escolhido pelo consumidor. Assim, é preciso ficar atento também às orientações da marca quanto à validade e verificar a embalagem do produto, por exemplo, se há uma informação mais precisa.

Vale lembrar que o colchão deve ser escolhido levando em consideração a densidade do produto e em qual o seu biotipo (peso e altura) melhor se adequa. Utilizar um colchão não recomendado para você pode trazer sérios problemas para a saúde.

Como saber se está na hora de trocar o colchão?

A melhor forma de saber se está na hora de trocar o colchão é avaliando o seu sono e sua saúde. Alguns fatores que merecem atenção são:

Para saber se você deve higienizar ou trocar colchão é preciso colocar esse conjunto na balança. Afinal, dependendo do estado, apenas a limpeza não vai resolver.

Higienização do colchão: quando deve ser feita?

Independentemente se está na hora de trocar ou não o colchão, a higienização deve ser feita com certa frequência: a cada seis ou 12 meses. Isso depende muito do uso que você faz dele. Se crianças e pets o utilizam, por exemplo, é um fator a se considerar na hora da limpeza. Além disso, ao higienizar o colchão, você aumentará sua vida útil.

Portanto, a decisão de higienizar ou trocar colchão deve ser tomada, na verdade, de acordo com o momento. Mesmo que seu colchão seja relativamente novo, você deve considerar a limpeza profissional de tempos em tempos.

Já a troca deve ser feita levando em consideração o tempo e o estado do item, se os problemas não podem ser revertidos com a limpeza, por exemplo, está na hora de comprar outro. 

Não deixe de compartilhar este artigo, que pode ajudar alguém que esteja na dúvida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *